segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Silêncio!

Silêncio!Por que insiste em falar palavras vazias? Por que por mais que as atitudes te mostrem o contrário, continua se auto depreciando, ou pior, se cobrando tanto?

Silêncio!Por que continua pensando que nada vai dar certo, por que continua dando tanto valor aos problemas que aparecem na sua vida?

Silêncio, pela última vez! Problemas acontecem na vida de todos. Momentos dificeis acontecem diariamente. Só que ao se deixar envolver por todos esses problemas, você deixa de se dar valor. Deixa de perceber tudo que já fez na vida, de tudo que já conquistou, muitas vezes com sofrimento, com dificuldade. Deixa de acreditar no seu potencial, em suas qualidades. Deixa de enxergar o quanto é especial, de que existem pessoas que acreditam em voce, que sabem do que você é capaz.

Agora pode falar. Em alto e bom tom, pode voltar a se pronunciar, mas palavras que te façam bem, palavras que te mostrem que você é uma pessoa especial e que merece tudo de bom que já conquistou e que ainda vai conquistar. Seu sorriso, que cativa as pessoas que estão próximas, não nasce a toa. Tem motivos que só você sabe, mas que às vezes deixa de pensar nisso.

Problemas que podem te afastar de pessoas que você gosta podem existir, é claro. Mas os problemas são para serem contornados, ou resolvidos. A existência deles não quer dizer que a pessoa não queira estar com você, não te ache especial. Pelo contrário, muitas vezes esta(s) pessoa(s) por te achar tão especial seria capaz de te esperar a vida toda para poder estar próximo ou próxima de você.

Quem sou eu? Qual a fonte dessas palavras ? Posso ser alguém que você considere especial, alguém por quem você tenha muito carinho. Mas posso ser apenas a voz do seu coração, da sua consciência, gritando abafado para que você nunca se esqueça de seu valor, principalmente nos momentos em que sentir-se triste, sem valor.

Nenhum comentário:

Postagens populares