sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Sedução

Desejo não pensar em nada, não analisar a situação, as conseqüências ou “variáveis”.

Quero apenas sentir-me o alvo da sua sedução. Fazer com que use suas “armas”, seu poder feminino. Utilizando-se de técnicas que já conhece, descobrindo “poderes” desconhecidos ou apenas agindo de forma natural, usando seus instintos.

A sedução no olhar, a maneira de andar que faz com que eu não consiga desviar meus olhos de ti.

O tom de voz calmo e sereno, mas ao mesmo tempo provocante e envolvente.

A mensagem no meio do dia que faz com que eu perca a concentração e não consiga mais trabalhar direito.

O jeito de insinuar num momento onde nada posso fazer. Deixando claro que me quer, mas ao mesmo tempo deixando claro que devo apenas pensar, não agir.

O jeito de mulher que controla a situação. O jeito de menina que deseja apenas ser cuidada, de quem deseja que o homem seja o responsável pelas decisões.

Vestida lindamente, sem vulgaridades, mas transparecendo toda a sua sensualidade. Ou me esperando em casa, com uma roupa confortável, quase como uma “moleca”, louca pelo meu colo.

A vontade de ser seduzido aos poucos, sem perceber até me dar conta e não ter mais volta.

Nenhum comentário:

Postagens populares