segunda-feira, 12 de julho de 2010

A dificuldade em se confiar nas pessoas

Sou uma pessoa de personalidade forte, mas procuro ser sincero nos meus sentimentos, ações a palavras. E isso muitas vezes não é fácil nem aceitável.

Mas aí vejo algumas noticias que me revoltam e o pior, vejo pessoas criticando atitudes que algumas pessoas seguem. Estou comentando isso por conta de uma noticia publicada no site Terra a respeito de uma britânica que foi vitima de um golpe onde perdeu R$159 mil ao repassar dinheiro a um namorado virtual.

Sei que golpes assim acontecem e infelizmente as pessoas hoje não podem confiar totalmente nas pessoas. Mas o que me entristeceu foram comentários de pessoas a respeito da justificativa, que não cairiam num golpe assim. Quer dizer que se uma pessoa que amamos está com dificuldades temos que fechar os olhos e ignorar? Entendo o lado da senhora britânica. Ela ficou comovida e quis ajudar alguém que ela estava envolvida.

“No mundo real isso não existe”. Foi algo que li, com comentários que basta olhar para o sapato do homem para saber se ele é ou não confiável. Quantas histórias já não foram citadas, não necessariamente amorosas, mas de roubos praticados por pessoas que estão muito bem vestidas, ostentando algo que não corresponde a realidade?

Já comentei no blog sobre a dificuldade que as pessoas têm de confiar umas nas outras, do medo de se entregar, de se expor. E quem o faz muitas vezes é criticado. Procuro ter uma postura justa com as pessoas e ser transparente. E isso nem sempre é entendido, muitas vezes é criticado, porque as pessoas estão acostumadas a sorriso falsos, tapinhas e afins.

Tive uma educação muito boa por parte de meus pais e hoje valorizo demais minhas convicções, com meu caráter, com o que acredito ser certo. E sou até teimoso em muitos pontos por defender estas posições. Aceito criticas, comentários, desde que as pessoas façam isso da forma correta, saibam expor a situação e dependendo do momento saibam expor a solução ou caminho a ser tomado. Apenas criticar por criticar não aceito. Por conta disso andei me afastando de muitas pessoas, deixando de me preocupar com quem não entende isso ou ao menos não respeita.

Fico feliz quando pessoas me elogiam e falam sobre um lado guerreiro, sobre ser uma pessoa boa, feliz, querer o bem das pessoas. Quem convive comigo e ganha meu respeito, meu carinho, sabe o quanto posso fazer por uma pessoa de quem gosto, mas também sabem entender que sei defender meu lado e principalmente, sabem como reajo quando sou magoado ou decepcionado.

A vida não é fácil e não foi feita para ser vivida sozinha. Mas devemos saber fechar portas para pessoas que não vão acrescentar nada em nossas vidas.

Um comentário:

Isabel disse...

CONCORDO PLENAMENTE,COMO É DIFICIL SER AUTÊNTICO... A MAIORIA GOSTA DE FALSIDADE...E DAR OPINIÃO SEM ANALISAR OS FATOS...APENAS DIZENDO SE FOSSE EU FARIA DIFERENTE...PARABÉNS CONTINUE ASSIM

Postagens populares