terça-feira, 2 de outubro de 2012

Imperfeição

Nem sempre o que acontece de forma mais fácil é o que nos dá o melhor resultado.
Nem sempre os atalhos garantem o melhor ponto de destino.

Por isso hoje me foco muito mais nos defeitos e nas imperfeições. Ajuda a mostrar o caráter, a perceber como a pessoa é de verdade (e não apenas como demonstra ser para agradar).

Permite visualizar como a pessoa lida com seus próprios defeitos. O que faz para minimizar , superar ou corrigir os mesmos.

Por mais qualidades que os outros enxerguem em mim, não posso negar os vários defeitos que também tenho. Ofereço o melhor de mim, mas em contra-partida existe um pacote que procuro deixar claro desde quando a pessoa me conhece.

Acho ótimo me surpreender com qualidades ocultas, que vão aparecendo aos poucos. Conhecer a pessoa ao natural, sem maquiagem, sem uma preparação toda especial.

Ver a pessoa como ela é. Tanto na parte externa como interna.

E com base nisso, decidir se aquela pessoa merece estar na minha vida. Se eu mereço estar na dela. E se os dois podem conviver juntos, acima de tudo, com respeito mútuo.

As qualidades vão ser fatores que poderão proporcionar momentos de alegria, sorrisos e suspiros.

Mas a forma como a pessoa lida com seus defeitos, suas manias e seus problemas serão os fatores que causarão admiração, respeito. Fatores que serão a diferença entre uma paixão, entre atração física e um amor sincero, que dure o tempo que for necessário. Que seja eterno enquanto for bom para ambos...

Nenhum comentário:

Postagens populares