sábado, 13 de outubro de 2012

Fazer sua parte


Vejo muitas pessoas acomodadas, resignadas.  Achando que não vale a pena mudar algo, que sozinho ninguém faz a diferença.

Reclamam da postura de quem comanda, de quem governa, mas não fazem nada para mudar.

Desrespeitam sinal, querem levar vantagem em filas, discutem com quem está presente apenas para orientar, jogam lixo no chão mesmo com um local para isso estando a poucos metros. E quase sempre a justificativa é “todo mundo faz”.

Bom, eu gosto da sensação de ser apenas um no meio da multidão. Respeitar a fila quando ninguém mais o faz. Demorar um pouco mais quando todos procuram burlar os radares.

Porque eu me sinto em paz com minha consciência. Sei que fiz o que poderia ser feito e da maneira correta.

E sei que cedo ou tarde o reconhecimento aparece. Hoje mesmo foi uma ocasião onde pude ter um pouco desta sensação de “dever cumprido”.

Fui entregar as doações que conseguimos no último ZoukSocial para a LALEC, uma instituição que cuida de crianças portadoras do HIV.

Primeiro de tudo fiquei surpreso pela quantidade de doações que conseguimos no último evento. Algo que renova minha fé nas pessoas.

Depois, a sensação de paz ao entregar bens materiais e saber que eles terão sua valia.

Posso ser apenas uma gotinha no meio de um oceano. Mas ao que parece esta gotinha não está sozinha. 

Podemos não ser capazes de grandes feitos (por enquanto), mas aos poucos quem sabe o que isso pode se tornar?

Com mais pessoas pensando em fazer “ao menos” sua parte podemos ter mudanças significativas.
A minha parte eu procuro fazer. E você?

Nenhum comentário:

Postagens populares