domingo, 11 de dezembro de 2011

Segundas chances

Muitas vezes reclamamos, lamentamos ou choramos por não termos tido uma segunda chance na vida. 
 
Comentamos sobre "azar", transferimos sensações, responsabilidades, evitando assumir nossos erros, nossa culpa.

E deixamos de perceber que muitas vezes recebemos mais que apenas uma "segunda chance". Recebemos várias chances e não percebemos ou não damos valor. E quando cai a ficha reclamamos de termos perdido ou não termos tido oportunidade de algo que estava ao nosso alcance em vários momentos.

Da mesma forma também somos capazes de relevar várias situações, de dar novas chances, esperando que algo mude, que a pessoa mude. 

A primeira reflexão a este respeito é que possamos nos valorizar. Dar novas oportunidades a quem realmente merece, a quem realmente mostra querer mudar, querer evoluir.

E o segundo ponto é entender que muitas vezes pessoas apostam em nós, nos dão segundas chances várias e várias vezes e tudo que elas pedem em troca é uma simples mudança. Tudo que pedem é que sejamos sinceros. Para que a pessoa possa continuar apostando, acreditando, querendo algo ou para que possa parar de esperar algo que não vai acontecer, possa parar de se iludir.

Nenhum comentário:

Postagens populares