quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Ano intenso

2011 chegando ao fim e a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi que se tratou de um ano intenso. Um ano que teve logo em seu inicio uma cirurgia para reconstruir ligamentos, e que me deixou de molho por alguns meses, com direito a fisioterapia, mas que por conta disso me fez voltar a malhar em academia e 6 meses depois o resultado é notado por pessoas que convivem comigo e pessoas que me reencontraram depois de algum tempo.

Ano intenso na parte profissional, com problemas , desavenças, discussões, novas metas, planejamentos distintos, sondagens para novos ares, possibilidades reais de sair do país e acertos de contas que fazem com que o ano no lado profissional tenha servido principalmente como aprendizado e definição de perfis, do que esperar, do que posso oferecer. Do que aceito e do que desejo para mim.

Ano também muito agitado no lado profissional, mas voltado ao mundo das pick-ups. A valorização do trabalho como DJ, tanto por parte do público que me acompanha, como também da “aposta” de algumas casas no meu trabalho, com feedbacks positivos. Sabendo que ainda preciso melhorar, me aperfeiçoar, mas tendo a certeza que meu trabalho tem qualidade, é valorizado e respeitado.

Ano com viagens para Belo Horizonte e Buenos Aires, conhecendo novas pessoas, recebendo energias diferentes e sendo bem tratado em ambos os lugares. Podendo finalmente conhecer outro país, viajando sozinho e me virando bem.

Ano de novas amizades, de conhecer pessoas que mesmo com pouco tempo de convivência já se mostram queridas, talvez não no ponto de serem amigos para todas as horas, mas hoje muito mais que apenas colegas. Pessoas que gosto de reencontrar, de conversar. Pessoa que fazem bem quando estão por perto.

Ano onde amizades de verdade mantiveram-se sólidas, onde novas histórias foram criadas com pessoas que já faziam parte da minha vida.

Ano com decepções em vários sentidos. Descobrindo que pessoas que eu considerava não merecem meu carinho ou minha preocupação. Frustração com pessoas que “vendiam” uma imagem diferente da realidade.

Ano recheado de emoções diversas em família. Conflitos, discussões, brigas e sentimentos ruins, mas que foram necessários por N motivos. E que cada vez mais me deixam claro do rumo que devo tomar para resolver os mesmos.

E um ano intenso na parte emocional. Pessoas do passado que voltaram a se aproximar, mexendo com sentimentos. Paixões, envolvimentos, experiências. Magoar e ser magoado. Sentir-me o pior dos homens, receber tratamento de rei. Envolvimentos sinceros, alguns até casuais, onde nenhum dos dois se machucou, mas também relações com mentiras, onde sofri em alguns casos, mas também fiz sofrer. Mas também pude proporcionar sorrisos, bons momentos e deixar que boas lembranças sejam guardadas.

Um ano intenso, que termina com muitos aprendizados, experiências e esperanças para os anos que ainda virão. Um ano que me fez amadurecer em vários sentidos. E agora é terminar 2011 da melhor forma possível e não deixar para trás tudo que conquistei, ao contrário, usar isso como impulso para que 2012 seja ainda mais intenso, desgastante, cansativo e estressante, mas que ao fim do ano eu possa estar aqui, escrevendo e agradecendo por novas conquistas.

E para que no fim do ano eu possa agradecer a Deus novamente, como faço agora, pois Ele em muitos momentos se fez presente, atendendo a preces e pedidos sinceros que fiz ao longo deste ano.

Nenhum comentário:

Postagens populares