domingo, 11 de dezembro de 2011

Luz do luar

Numa noite como está não preciso de muitas coisas;

Não preciso de bens materiais.
Não preciso de muitas pessoas ao meu lado;
Não preciso de mimos;
Não preciso ter o ego massageado;

Bastaria apenas estar em algum lugar onde fosse possível ter a visão completa da lua;
Sem sons, sem "interferências externas";
Deitado na grama,com você deitada em meu peito;
Sem palavras ou pensamentos;
Com a mente "desligada";
Apenas aproveitando o momento, apenas aproveitando as sensações;

Poder admirar a lua, a imagem que nos é proporcionada e deixar a mente viajar, deixar o pensamento se perder;

Poder deixar que esta imagem renove esperanças. Renove sentimentos e faça acreditar em mudanças, em acontecimentos. Faça acreditar em felicidade, amor e paz......


Nenhum comentário:

Postagens populares