terça-feira, 11 de março de 2014

Apenas uma.

Apenas uma rosa. Apenas uma rosa?

Não, não é "apenas uma rosa". 

Pelo simples fato que quantidade não é tudo na vida. 

Não se trata de falta de merecimento para ganhar um buque completo. É algo um pouco mais "profundo" do que isso.

É apenas uma rosa sim. Única, singular. Para ser entregue a uma mulher que seja igual a ela. Bela, delicada, mas com espinhos (ou seja, com qualidades e defeitos como qualquer pessoa).

Uma rosa. Apenas uma. 

Para que a pessoa que a receba entenda que da mesma forma que a rosa, ela também é unica.....

Nenhum comentário:

Postagens populares