quinta-feira, 3 de abril de 2014

Redescobertas

Momentos de tensão. Momento de pressão. Problemas que parecem estourar ao mesmo tempo,

Faz parte da vida adulta, é óbvio. Mas não quer dizer que seja fácil, pelo contrário.

Passando semanas com a mente próxima do limite, resolvendo várias coisas ao mesmo tempo. Sentindo-me esgotado, frustrado e triste.

Normalmente já sou mais conectado com meus sentimentos, um homem passional.

Nestas horas então, parece que minha sensibilidade aumenta em 10 vezes.

Felizmente depois de alguns ensinamentos, conselhos e leituras consegui aprofundar meu auto-conhecimento e está sendo um pouco mais fácil lidar com o que está acontecendo, "desligando em alguns momentos", fechando os olhos e me imaginando em outras situações, em outro lugar, com outras pessoas.

Tentando dosar reações, tentando não explodir e principalmente não descontar em quem não merece.
Respeitando decisões, valorizando ações , entendendo melhor "explosões" e "reações".

Evitando "sabotagens", decisões impulsivas que sei que posso me arrepender. Fazendo acima de tudo, o que acho certo.

A parte boa desta situação é conseguir perceber outras pessoas que precisam de uma palavra de incentivo, de carinho. Pessoas que precisam desabafar.

Também me permite reconhecer e valorizar pessoas que estão por perto, não necessariamente fisicamente, mas presentes e ajudando no que eu preciso, algumas vezes até em pontos que eu nem mesmo tinha identificado que precisavam ser resolvidos ou que não tinha ideia de como poderia resolver.

Novas descobertas, mudanças de conceitos. E querendo entender como chegar neste nível de conhecimento, de sensibilidade sem necessariamente precisar do "gatilho" do stress para ser acionado.

Nenhum comentário:

Postagens populares