quinta-feira, 24 de abril de 2014

Intimidade de um beijo

Mais uma noite se aproxima.

Sem inspiração e sem vontade de dançar. Desanimado.

Um convite para dançar. Aceito por educação e a noite começa a mudar neste instante.

Contato, proximidade. Sentindo seu perfume, seu corpo colado ao meu.

Olhares que se cruzam, sorrisos que aparecem. Movimentos que fluem naturalmente.

Envolvimento e cumplicidade. Passam as músicas e a medida que o fim de cada uma se aproxima, sua mão se entrelaça com a minha, como que pedindo para não largar.

Reparo em você, percebo seu corpo e te desejo. Olho para teus lábios e percebo você os mordendo de leve. O desejo não parte somente do meu lado.

Não trocamos uma palavra, mas sentimos o clima de envolvimento e sedução no ar.

A noite chega ao fim e você me pede por uma última música. Escolhida por mim.

Vamos para minha casa e escolho esta última música. Praticamente não dançamos, apenas curtimos a companhia um do outro.

Rosto colado, lábios que se aproximam e se afastam, negando algo que ambos desejam.

A dúvida entre me deixar levar pelo clima, sem pensar no que pode ou não acontecer após. Pensamentos e restrições que vão perdendo força a medida que começa a tomar conta da situação.

Seu olhar fixa no meu. Entrelaça seus braços em meu pescoço e permito que o primeiro beijo aconteça. Lábios que se encaixam, beijo macio e gostoso.

Permitindo a intimidade que só um beijo é capaz de proporcionar......

Um comentário:

Unknown disse...

Sem palavras...

Postagens populares