sexta-feira, 1 de junho de 2012

Razão x emoção


Mantendo uma vida na mesma rotina. Sem mudanças, sem nada inesperado.

Todos os dias, sempre iguais.

De repente, algo acontece.  Sensações diferentes, emoções conflitantes.

A mente processando e imaginando mil coisas ao mesmo tempo.

Como seria? Pode dar certo? É reciproco? É o que eu quero?

A confusão é constante. Impossível medir prós e contras em tal situação. A razão muitas vezes vai colocar todos os “nãos” e “contras” em tal cenário.

Qual decisão tomar? Como agir?

Não existe uma receita. Não existe uma regra.

Insegurança, medo, receio.

Existe apenas o risco misturado com o desejo, com a vontade de mudar. De sair da rotina. De encarar algo diferente.

Nesta hora só devemos fechar os olhos e confiar em nossos instintos. Ir pela razão ou pela emoção. Não existe “certo”. Não existe “errado”.

Apenas não podemos ficar em cima do muro. Devemos tomar uma decisão. Não para sofrer com o que não conseguimos ou com o que abdicamos, mas sim para aproveitar a decisão tomada. Seja colhendo os frutos, seja apenas como aprendizado de vida....

Nenhum comentário:

Postagens populares