domingo, 21 de abril de 2013

Pequenas coisas


Ontem terminando meu trabalho e voltando para casa pude reparar em alguns casais e confesso que bateu saudade e carência de pequenas coisas.


De um abraço apertado. De ter uma pessoa querida pulando em meus braços, pendurada no meu pescoço.

De um beijo de boa noite ou bom dia.

Andar de mãos dadas, dedos entrelaçados, sorrindo ao olhar para a pessoa amada.

Terminar uma noite de trabalho e ter alguém para me escutar, ouvir sobre meu trabalho com toda atenção do mundo, mesmo que não entenda metade do que estou dizendo, mas apenas demonstrando que está prestando atenção em mim.

Chegar em casa e dormir abraçadinho. Começar o dia ao lado desta pessoa.

Carência bate forte. Ainda mais por saber que a mesma não será resolvida tão cedo....

Nenhum comentário:

Postagens populares