domingo, 28 de abril de 2013

Patinho feio


É natural do ser humano cobrar-se demais. Exigir demais de si mesmo. Por que comigo iria ser diferente?

O receio de me aproximar de alguém. De paquerar, de menosprezar meu valor.

E não se trata apenas do medo do “não”. É mais profundo, contempla menosprezar meu valor, me rebaixar, acha que determinada mulher não teria motivos para se interessar por mim.

Mas aos poucos estou tentando mudar isso, principalmente por reparar mais em olhares, em prestar atenção em determinadas conversas ou indiretas. Ainda estou em processo de moldar meu corpo como desejo e mesmo assim é possível lembrar de mulheres que se interessaram por mim, mulheres que tive oportunidade de me relacionar.

E hoje, notar que mulheres que considero interessantes demonstram interesse, flertam comigo. Mesmo que nada aconteça, por “n” motivos, é bom para o ego. Por saber que não o “patinho feio” que imaginava.

É bom saber que sou notado e isso ajuda a permitir que eu possa conhecer melhor alguém com quem eu possa me relacionar e estar com uma mulher que me agrade tanto fisicamente como na sua forma de agir, em sua personalidade e seu caráter.

Nenhum comentário:

Postagens populares