sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Fazer o meu melhor


Não me preocupo em ser o melhor no que faço. Seja numa relação a dois, seja em família, seja no trabalho com computadores ou no trabalho como DJ.

Apenas me preocupo em fazer sempre o meu melhor. Em superar meus limites.

Porque ser o melhor é algo temporário. Sempre teremos alguém superando seus limites, alguém se esforçando para melhorar. E no momento em que “somos o melhor” podemos nos acomodar, deixar de nos dedicar e sermos facilmente superados.

Por isso o que eu quero é sempre é testar os meus limites, em buscar a minha superação.

Sempre tentar superar meu maior adversário. Eu mesmo.

Nenhum comentário:

Postagens populares