quinta-feira, 12 de maio de 2016

Reações

Sabe quando você tem aquela sensação que alguém está te olhando? Te observando? Seguindo seus passos?

Bem, cá estou na pista de dança, relaxando, curtindo. Mas tendo estas sensações.

Um convite para uma dança. Com um sorriso tímido. Até então não tinha reparado nela.

A aproximação e contato sem desconfiança. A primeira dança indo da forma como estou acostumado quando nunca dancei com a pessoa. Dançando com ela, dançando para ela. 

Mais tarde a convido para uma segunda dança. O mesmo sorriso, agora menos tímido.

A segunda dança, sem a carga de incerteza, flui bem melhor. E a medida que dançamos , o encaixe acontece como se tivéssemos uma parceria de longa data. Melhor dizendo, como se finalmente duas metades estivessem juntas.

Pensar? Mente desligada, corpo agindo no automático. Livres. Sem inibições.

Com esta liberdade, o corpo fica sensível. Reage rapidamente.

Um retorno com mão no pescoço faz o braço se arrepiar. O perfume mexendo com os sentidos. Faço menção de dizer algo e sou interrompido com um "não diga nada" bem perto do ouvido que faz meu corpo todo arrepiar.

Procura meu olhar. Tento evitar, agora tímido, mas delicadamente e discretamente meu olhar é guiado. Primeiro para os olhos e depois descendo devagar, em direção ao colo, querendo me tranquilizar, mostrando que a reação é mútua.

Relaxamos de vez. Confiando um no outro. Sentindo a dança e curtindo a música em sua plenitude. Curtindo um ao outro. Querendo o contato a todo momento, querendo a proximidade a cada segundo, como se fosse o último de nossas vidas.

A música termina, agradeço a dança e me afasto para me recompor, indo em direção oposta. Vou para o bar, tentando colocar os sentimentos em ordem.

Algo que em segundos. Saindo do banheiro, passando bem perto de mim, com voz baixa um "vamos dançar",mas com o sorriso tendo outra conotação. E discretamente passa o dedo nos meus lábios, antes que eu diga algo. Desta vez não para me calar, mas sim para me permitir sentir um sabor que deixa claro sobre a reação proporcionada pela dança.

Sorrio, ansioso por saber o que esta próxima dança irá proporcionar.....

Nenhum comentário:

Postagens populares