sábado, 19 de março de 2016

Voltar no tempo?

Conversando sobre assuntos diversos nesta semana com colega, o assunto "viagem no tempo" veio a tona.

Confesso que no primeiro momento é tentador demais pensar em voltar ao passado e mudar algumas ações. Escolhas erradas, oportunidades desperdiçadas por medo ou timidez.

Pessoas que deixei que me magoasse. Pessoas que magoei.

Imagine só. Poder corrigir ações erradas.

Mas aí existe o outro lado da moeda. As decisões que tomei ao longo dos meus 35 anos são as mesmas que me definiram como pessoa. Meu caráter, minhas convicções, minha personalidade.

Longe de ser perfeito. Apenas um homem com defeitos e qualidades e que aprendeu ao longo da vida com os acertos e erros.

Os meus erros permitiram oportunidades, tanto na vida profissional como na pessoal. Trabalhos que consegui, pessoas com quem me envolvi.

Alterar uma variável nesta equação pode ser fácil, mas e os impactos futuros? Como prever quem eu seria ou o que teria se algo tivesse sido diferente

Não, prefiro manter o presente. Ter momentos de arrependimento pelo passado, com vontade principalmente de mudar o que fiz de ruim para pessoas que não mereciam.

Como isso não é possível, o jeito é focar no que aprendi nestes anos de vida e procurar fazer cada minuto valer a pena, aproveitar o presente e melhorar o meu futuro...

Um comentário:

Lia Michelotti disse...

Muito bom! É isso, é para frente que olha! Bjos

Postagens populares