segunda-feira, 23 de julho de 2012

De volta as areias

Mais de dois anos se passaram. Verdade que a dança continuava presente, bem como exercícios em academia.

Médico autorizando algumas atividades, mas e o receio? O medo de voltar a me machucar, de sentir algo?

Posterguei durante um tempo, mas neste domingo resolvi tentar e ver no que ia dar.

O lugar diferente, mas os mesmos amigos e parceiros de esporte.

Entrar para jogar e mal deu tempo de pensar a respeito. Jogadas, passes e o primeiro salto. Tímido é verdade, mas suficiente para dar confiança.

Mais de duas horas seguidas jogando sem parar, com uma vontade que nunca ninguém tinha visto.

Hoje o corpo sente. Dores musculares, corpo acusando cansaço. Mas dores por conta do exercício, por conta da falta de costume. Não por conta de dores onde operei.

A sensação boa de saber que posso finalmente voltar a fazer uma das atividades que mais me dá prazer, que é poder jogar vôlei.

Demorou, mas valeu a pena esperar...

2 comentários:

Davilene De Jesus Pereira Ambros disse...

Não sabia que vc havia operado, mas não importa,o que importa mesmo é saber que vc está bem e melhor, fazendo o que gosta! Fico feliz por vc, de coração. Feliz por saber que uma pessoa que amo tanto está bem!

Davilene De Jesus Pereira Ambros disse...

Não sabia que vc havia operado, mas não importa,o que importa mesmo é saber que vc está bem e melhor, fazendo o que gosta! Fico feliz por vc, de coração. Feliz por saber que uma pessoa que amo tanto está bem!

Postagens populares