terça-feira, 14 de setembro de 2010

Baterias humanas

O corpo humano é uma bateria em constante carga. E como tal, esta bateria precisa ter sua carga utilizada. Não podemos acumular esta “energia” sem ter o devido uso da mesma.

E aqui não me refiro apenas à energia que acumulamos através do que comemos, das calorias do dia a dia, que precisam ser gastas para que possamos manter nosso corpo em ordem. Me refiro a todo tipo de energia.

Repare em si.Use como exemplo momentos com relação a músicas. Antes de curtir uma festa o que você mais vai querer ouvir são músicas agitadas, que façam seu “aquecimento”, “carreguem nossa bateria”. Mas ao contrário, quando estamos tensos, estressados, procuramos algo para nos acalmar, para relaxar. Uma energia mais tranqüila.

O que precisamos ter em vista é que manter nossa “bateria” carregada é extremamente prejudicial a nós mesmos. Principalmente no que diz respeito a sentimentos pessoais. Ficar carregando sentimentos de qualquer tipo (raiva,rancor, tristeza, amor, carinho, paixão, etc) não é algo que nos beneficia.

Precisamos “esvaziar” esta energia. Claro que com cuidado, afinal não podemos sair “matando’ todo mundo que encontramos nem beijando todos que encontramos na rua, mas sim encontrar formas de canalizar esta energia, direcionar para um bom uso.

Reparem nas lutas profissionais. Os participantes não entram com “raiva”. Entram focados e principalmente com respeito pelo seu adversário. No máximo eles focam energias tensas, negativas e descarregam as mesmas ali, no ringue.

Tudo sempre envolve um autoconhecimento que não é fácil de ser trabalhado, mas necessário, para que possamos “viver” e não apenas “sobreviver”.

Nenhum comentário:

Postagens populares