segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Reflexão

Algumas vezes passamos por momentos em que paramos para pensar na vida, em tudo que acontece ou aconteceu. E nesses momentos de reflexão, entendemos alguns de nossos pensamentos, de nossas atitudes , de nosso carater.

Nesse fim de semana passei por isso. Estava pensando no fato de que faz tempo que não sei o que é namorar. Já faz tempo que as pessoas só se preocupam em ficar, sem querer nada a mais que isso. E muitos acham que pelo fato de eu dançar, eu devetia passar pelo mesmo, aproveitar para ficar sem compromisso. Mas isso é algo que não se enquadra com meu jeito de ser. Ficar é bom? Tem vantagens sim, mata carência temporária, mas é muito pouco. Só tive experiencias ruins com quem fiquei? De forma alguma. O que não gosto é o ficar e fingir que nada mais aconteceu, algo de uma noite só.

Já fiquei com amigas, conhecidas, pessoas por quem eu tinha algo mais que apenas atração fisica. Muitas vezes, não pode avançar de uma "ficante" por outros motivos, mas o importante é que não ficava restrito apenas a ficar, beijar, algo mais e cada um para seu lado.

O que sinto falta é algo que tive com essas pessoas e algo que tive de forma muito intensa com uma namorada com quem fiquei quase dois anos Rolava paixão, carinho e atenção. Saudade, aquela vontade de ligar só para ouvir a voz do outro. Ter momentos onde podia ser eu mesmo. Deixar de lado a loucura do dia a dia e ter algo que só os dois entendiam. Coisas que para muitos são bobas, infantis. Brincadeiras de criança, loucuras de adolescente. Como acharem melhor. Mas era uma loucura saudavel, onde pude ver um lado menos sério meu e pude colocar meu lado criança de novo na minha vida. Temos que viver a vida de forma responsável, obvio.

Mas a vida exige demais. Com alguém que gostamos, podemos e devemos nos divertir . Não ter vergonha de sermos nós mesmos, não nos preocupar com o que o outro vai pensar. Se estamos com alguem de quem gostamos, essa pessoa vai entender e vai sentir-se livre para agir da mesma forma e ambos poderão ser mais felizes

Nenhum comentário:

Postagens populares