sábado, 15 de novembro de 2008

Concurso é complicado

Quem tem o costume de ler meu blog ou me conhece um pouco sabe do prazer que tenho pela dança em geral. E ontem me arrisquei num concurso de Zouk aqu em SP.

Acabou sendo algo as pressas, com uma parceira que eu não tinha tanto contato e sem tempo para ensaiar de forma correta. Mas a coreografia parecia estar legal.

E aí acontecem algumas coisas complicadas. Primeiro, a coincidência de dançar no mesmo dia da balada forte de Zouk pelo congresso de SP. Isso "ajudou" demais. Muitos conhecidos foram no congresso. E para "ajudar" ainda pude contar com a "não-presença" de muitos dos meus convidados. Contava com algumas pessoas para torcer a meu favor, para dar o apoio, mas infelizmente pouquissimas pessoas apareceram só para torcer por mim. Quem participou de algum tipo de concurso, competição, sabe o quanto a torcida pode contar.

Ao contrário do que eu esperava, consegui me manter calmo e dançar numa boa. A apresentação foi mais ou menos como eu esperava com um pontuação que tinha em mente, mas junto comigo, outros casais que pareciam melhores ou até que se conheciam a mais tempo.

O fato é que sei que ainda tenho muito a melhorar. Não sou o dançarino que muitos acham que sou. Mas também fiquei muito confuso sobre o que poderia ter sido melhorado na apresentação para poder ter ido melhor. Faltou o olhar de alguém mais técnico, a ajuda, a visão para poder aconselhar. Não sobre o que eu poderia ter feito, mas sim sobre o que preciso fazer. Muitos comentavam que eu estaria bem, que não precisaria me preocupar. Que iriam estar na final para torcer por mim.

E quando esperava o retorno, o aconselhamento de outras pessoas que teoricamente são mais proxîmas, quem me deu uma força legal foi um cara que teoricamente seria o concorrente da escola onde participo, o David, do Zouk Magia. O cara veio conversar, elogiar e pareceu ser sincero. Ajudou a minimizar a frustração que senti por olhar em volta e não encontrar rostos conhecidos com quem eu contava.

Contava com o apoio de outras pessoas. Contava com outras pessoas para levantar meu astral. Hoje o dia está sendo complicado. Um misto de que fiz meu melhor com frustração por falta de apoio de pessoas que achava que estariam próximas a mim

Nenhum comentário:

Postagens populares